terça-feira, 20 de setembro de 2016

Começou a Campanha Nacional de Multivacinação em Olho d'Água das Cunhãs

Começou nessa segunda-feira (18) a Campanha Nacional de Multivacinação em todo o país, para atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes. O público-alvo da mobilização são crianças menores de 5 anos e crianças e adolescentes de 9 anos a menores de 15 anos.

O Dia “D” da mobilização nacional está marcado para o próximo sábado (24/09), quando estarão  todas as vacinas disponíveis pelo SUS das 08h00 às 17h00 em todos os postos de saúde da sede e no colégio Antônio Lisboa de Castro, Praça do Mercado e na Praça Antônio Tomaz horas para a vacinação. A campanha segue até 30 de setembro.

O objetivo da ação é combater a ocorrência de doenças imunopreveníveis no país e reduzir os índices de abandono à vacinação – principalmente entre adolescentes. Pela primeira vez, campanha abrange públicos de 9 a 15 anos incompletos. Segundo Dr. Carlos Filho coordenador de imunização, esse grupo tem uma maior resistência a se vacinar e muitos pais acreditam que não há a necessidade de imunizar seus filhos nesta faixa etária. No entanto, com a evolução do calendário nacional de vacinação nos últimos anos, muitas vacinas necessitam ter doses de reforço nesta faixa etária ou passaram a ser incluídas no calendário, como é o caso da vacina HPV paras as meninas.


Texto: Coordenador da Vacina, Enfermeiro Carlos Filho.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Greve dos bancários completa uma semana e atinge clientes no Maranhão

G1MA
Clientes têm dificuldades para resolver problemas, uma semana após início de greve (Foto: Robert Oliveira/G1)
Greve já chega à sua 1ª semana no Maranhão e clientes sentem dificuldades (Foto: Robert Oliveira/G1)
Uma semana após o início da greve nacional dos bancários, a população já sente as dificuldades da paralisação dos serviços nas agências bancárias de São Luís. A categoria, que paralisou as atividades desde a última terça-feira (6), reclama reajuste nos salários e maior participação nos lucros das instituições.

Com a greve já instalada, o movimento nas agências diminuiu. No entanto, muitos clientes que vão 
aos bancos resolver problemas nos caixas eletrônicos não poupam reclamações quanto aos serviços que têm se mostrado ineficientes. É o caso de Raimundo das Neves, aposentado de 67 anos. Ele diz que, desde a semana passada tem tentado resolver um problema no cartão que realiza o saque de sua aposentadoria, mas não tem obtido êxito.

 “Isso é desde segunda-feira passada, esse problema. Deu o problema no cartão, mas só pude resolver no outro dia. Daí, quando cheguei aqui na agência, tudo parado. E minha aposentadoria, como fica? Só na semana passada vim três vezes. Vim ontem e hoje. Complica demais isso”, reclamou.

Já o funcionário público Alfredo Ribamar comentou que, mesmo com caixas eletrônicos funcionando nas agências, serviços como saque e depósito ficam comprometidos e não são concluídos. “É frustrante. Não tem problema ter greve, é um direito da categoria, mas acredito que deve-se ter planejamento para que a sociedade tenha o mínimo de possibilidade para resolver problemas como saques e depósitos”, afirmou.

Reivindicações
De acordo com o Seeb-MA, a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) – braço sindical da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) – foi rebaixada para 6,5%, o que é considerado abaixo do índice de inflação do período estipulada em 9,31% pela categoria. Além do Seeb-MA, sindicatos do Rio Grande do Norte e de Bauru reivindicam juntos reajuste de 28,33%, 
Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 25% do lucro líquido linear, isonomia e a reposição das perdas salariais acumuladas.
Greve da categoria foi definida dia 1º de setembro (Foto: Divulgação/Seeb-MA)
Greve da categoria foi definida dia 1º de setembro (Foto: Divulgação/Seeb-MA)
Segundo o Seeb-MA, em rodada de negociação realizada no dia 29 de agosto, em São Paulo, a Fenaban apresentou a proposta rebaixada, com o reajuste, o salário de ingresso de caixa e tesoureiro passaria de R$ 1.802,48 para R$ 1.919,64 e o auxílio-refeição de R$ 29,64 para R$ 31,57, segundo o sindicato.


Greve em 2015
A última paralisação dos bancários ocorreu em outubro de 2015, com duração de 21 dias. À época, a maioria da categoria aceitou a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste salarial de 10%, aplicáveis aos salários, benefícios.
Paralisação dos bancários no Maranhão é por tempo indeterminado (Foto: Flora Dolores/O Estado/Arquivo)
Paralisação dos bancários no Maranhão é por tempo indeterminado (Foto: Flora Dolores/O Estado/Arquivo)

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Polícia acredita que ataque a ônibus em São Luís foi represália

Do G1 MA
Ônibus incendiado no Parque Jair, em São luís, fazia linha para a comunidade do Vassoural (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Ônibus incendiado no Parque Jair, em São luís, fazia linha para a comunidade do Vassoural (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Veículo teria sido incendiado depois da morte de jovem ligado ao tráfico.
Três pessoas ficaram feridas no ataque ocorrido nesta segunda-feira (12)

A Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic), no Bairro de Fátima, em São Luís, instaurou inquérito para apurar a autoria do incêndio a ônibus na tarde desta segunda-feira (12), na Avenida Kennedy.

De acordo com o delegado Tiago Bardal, a polícia investiga a hipótese de o ataque ter sido ordenado em represália à morte de um traficante da região durante a madrugada desta segunda-feira (12). “Segundo um deles, após a saída do velório dois começaram a instigar os outros para queimar o ônibus como represália. Os outros acabaram caindo nessa ideia e foi o que fizeram” afirmou o superintendente de investigações criminais Tiago Bardal. 
Três adolescentes foram apreendidos e um homem acabou sendo preso por suspeita de participação no atentado que deixou três pessoas feridas – entre elas a cobradora e o motorista do ônibus que fazia linha Caratatiuia / Praça Deodoro.

Reunião nesta terça
O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Maranhão divulgou uma nota avisando que a categoria vai se reunir nesta terça-feira (13) para discutir a situação e definir que providências serão tomadas, referentes à segurança da categoria.

Em maio deste ano, uma série de ataques a ônibus em São Luís assustou a população. Ao todo, foram 14 ataques a ônibus realizados, onde seis foram totalmente destruídos.

A onda de violência na capital mobilizou até a Força Nacional, que veio a São Luís com o intuito de controlar a situação. Na época, 33 suspeitos foram presos ou apreendidos. Destes, de acordo com a SSP-MA, 12 são ligados a organizações criminosas; duas mulheres; e dois adolescentes que foram apreendidos.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Greve dos bancários chega ao seu 3º dia e prejudica clientes em São Luís

Do G1 MA
Greve dos bancários do Maranhão chega ao seu terceiro dia (Foto: Robert Oliveira/G1)
Greve dos bancários do Maranhão chega ao seu terceiro dia (Foto: Robert Oliveira/G1)
Em seu terceiro dia, greve dos bancários do Maranhão já causa vários problemas entre clientes que precisam utilizar os serviços das agências bancárias. Na última segunda-feira (6), o movimento de greve foi iniciado com uma mobilização na Praça Deodoro, centro de São Luís. A classe reivindica reajuste salarial e maior participação nos lucros das instituições.

Por conta da greve, serviços como saques e depósitos ficam menos eficientes. É o que confirma a Diana Castro, que trabalha como operadora de caixa. Ela foi à agência do Banco do Brasil do bairro São Francisco para sacar o dinheiro da aposentadoria da tia, mas afirmou sentir muita dificuldade para realizar a operação.

“Eu vim sacar o dinheiro da aposentadoria da minha tia. Encontrei dificuldade para realizar o saque. Fora que eu também trabalho e ainda não consegui sacar meu dinheiro porque o banco está em greve e ainda não fizeram o depósito. Eu tenho contas para pagar, mas como o prazo é no fim do mês, espero que não seja afetada. Não fui resolver nada nas Lotéricas, mas sei que está sempre lotado de pessoas”, contou.

O policial militar Ronald Ribeiro também foi tentar resolver um problema no cartão, mas não obteve sucesso. “Eu vim resolver um cartão que foi bloqueado e agora preciso retirar meu dinheiro e não tem como retirar. Desde segunda-feira o cartão foi bloqueado e estou tentando resolver. É ruim porque as contas vêm e fico em dívida porque não consigo sacar nada”, reclamou.

Reivindicações
De acordo com o Seeb-MA, a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) – braço sindical da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) – foi rebaixada para 6,5%, o que é considerado abaixo do índice de inflação do período estipulada em 9,31% pela categoria. Além do Seeb-MA, sindicatos do Rio Grande do Norte e de Bauru reivindicam juntos reajuste de 28,33%, Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 25% do lucro líquido linear, isonomia e a reposição das perdas salariais acumuladas.

Greve da categoria foi definida dia 1º de setembro (Foto: Divulgação/Seeb-MA)
Greve da categoria foi definida dia 1º de setembro (Foto: Divulgação/Seeb-MA)
Segundo o Seeb-MA, em rodada de negociação realizada no dia 29 de agosto, em São Paulo, a Fenaban apresentou a proposta rebaixada, com o reajuste, o salário de ingresso de caixa e tesoureiro passaria de R$ 1.802,48 para R$ 1.919,64 e o auxílio-refeição de R$ 29,64 para R$ 31,57, segundo o sindicato.

Última greve
A última paralisação dos bancários ocorreu em outubro de 2015, com duração de 21 dias. À época, a maioria da categoria aceitou a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste salarial de 10%, aplicáveis aos salários, benefícios e participação nos lucros, além de correção de 14% no vale-refeição e no vale-alimentação.
Paralisação dos bancários no Maranhão é por tempo indeterminado (Foto: Flora Dolores/O Estado/Arquivo)
Paralisação dos bancários no Maranhão é por tempo indeterminado (Foto: Flora Dolores/O Estado/Arquivo)

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Obras e programas do Governo do Estado marcam os 404 anos de São Luís

São Luís completa 404 anos nesta quinta-feira, 8 de setembro. Graças aos esforços do Governo do Estado, este ano a população ludovicense poderá comemorar o aniversário da cidade em uma situação diferente de alguns anos atrás, com avanços em segurança, educação, saúde, mobilidade, saneamento e programas de impacto social, visando o desenvolvimento da capital maranhense.

Só em segurança, o governo estadual investiu cerca de R$ 46 milhões, com o objetivo de resgatar a capital dos piores índices de violência urbana do Brasil. Muito já foi feito em 1 ano e 8 meses de gestão na área, a começar pela convocação de 1.500 novos policias, entre militares, civis e bombeiros. Paralelo a isso, o governo concedeu 2.300 promoções para servidores do sistema de Segurança Pública.

O incentivo a categoria foi fortalecido com a aquisição de 300 novas viaturas, implantação de um moderno sistema de radiocomunicação digital nos veículos policiais, além da ampliação e qualificação do sistema de videomonitoramento e da central de monitoramento, tecnologias importantes para a qualificação das investigações criminais.

Enfrentamento à crise na segurança

Em planejamento estratégico, o ‘Pacto pela Paz’, envolvendo o patrulhamento de ruas, avenidas e ações de prevenção nas escolas e comunidades, resultou em marcas importantes, como a redução em 20% do número de homicídios no primeiro semestre de 2016, em relação ao mesmo período de 2014. Outro dado significativo foi a redução de 25% no número de assaltos à ônibus em agosto, através da Operação ‘Busca Implacável’, executada pela Polícia Militar nos transportes coletivos de São Luís.

Para combater a crise penitenciária, o governo reestruturou o sistema prisional, com investimentos nas políticas de ressocialização, oferta de trabalho e educação aos apenados. O resultado foi a queda de 100% no índice de homicídios no Complexo de Pedrinhas em 2015, dado que se manteve o mesmo em 2016. Mais de 3.500 agentes penitenciários também foram capacitados, entre temporários, efetivos e auxiliares.

Investimentos em educação

Outro setor que recebe especial atenção do Governo do Estado é a educação. Só em São Luís, 107 das 118 escolas estaduais foram totalmente reformadas, por meio de investimentos de R$ 16,8 milhões, beneficiando, assim, 5.488 alunos. Os educadores também foram contemplados, com aumento salarial de 13% aos professores no ano passado, e acréscimos nas gratificações dos gestores escolares.

Os alunos, por sua vez, passaram a contar com o auxílio do Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), que por meio de investimentos de R$ 2,4 milhões, já beneficiaram quase 90 mil alunos da capital na compra de material escolar e fardamento. O programa é destinado a estudantes de baixa renda com idades entre 4 e 17 anos.

Inovação científica e tecnológica

Em reforço ao ensino técnico, o governo estadual investiu mais de R$ 300 milhões, possibilitando a implantação do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema). A capital foi contemplada com uma Unidade Plena, no Centro, e três bases Vocacionais: duas na Praia Grande e outra no Anjo da Guarda.

Para ampliar o acesso ao ensino superior, foi criado o projeto ‘Aulões do Enem’, que promove aulas preparatórias ao Exame do Ensino Médio (Enem), beneficiando mais 1,2 mil estudantes. Outros projetos inovadores merecem destaque, como ‘Cidadão do Mundo’, que promove intercâmbio a estudantes da rede pública, e o ‘Lumiar’, levando ensino de robótica, eletricidade básica, astronomia, games e planetário para os jovens.

Saúde e saneamento

Na área da saúde, foram inaugurados novos serviços em unidades de referência, realizadas reformas nas Unidades em Pronto Atendimento (UPAs) e investimentos em parceria com a gestão municipal. Só para a reforma do Hospital da Criança, administrado pelo município, foram investidos R$ 10 milhões. Merece destaque, também, a criação do Centro de Referência em Neurodesenvolvimento, Assistência e Reabilitação de Crianças (Ninar), no Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos, para atendimento de crianças com condições neurológicas especiais, como a microcefalia.

Por meio do Programa ‘Mais Saneamento’, foi entregue a nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Vinhais, em benefício de 350 moradores de 48 bairros da capital, para contribuir com a elevação gradativa do índice de esgoto tratado para 40%. No total, o ‘Mais Saneamento’ tem o objetivo de subir de 4% para 70% o tratamento do esgoto de São Luís, visando a melhoria da balneabilidade das praias. Outras ações do programa incluem a despoluição do Rio Pimenta, e a construção da ETE Anil, já em fase avançada.

Mobilidade

Diversas ações foram já realizadas para melhorar a mobilidade da capital. O Programa ‘Mais asfalto’ foi responsável pela pavimentação de mais centenas de ruas em diversos bairros de São Luís, e por meio do ‘Interbairros’, 14 vias estão sendo construídas, totalizando 21,4 quilômetros em ruas e avenidas. As ações foram executadas pelo governo estadual, em parceria com a gestão municipal.

Melhorar o acesso de pessoas com deficiência a mobilidade também é preocupação do governo. Por meio Projeto ‘Travessia’, foi disponibilizado o transporte gratuito em veículos adaptados para cadeirantes e pessoas com microcefalia. O transporte intermunicipal também foi incrementado com o Expresso Metropolitano, com a implantação de linhas expressas interligando a capital aos municípios São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e mais recentemente o Terminal da Ponta da Espera ao Terminal Rodoviário de São Luís.

Geração de emprego e renda

Para proteger a economia local, o Governo do Estado lançou programas importantes para geração de emprego e renda. Por meio do ‘Mais Empregos’, empresas receberão descontos no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) ao gerar empregos formais, e na venda de material de construção para famílias de baixa renda, mediante crédito do ‘Cheque Minha Casa’. O ‘Mais Empregos’ envolve, ainda, a geração de postos de trabalho na pavimentação de vias urbanas, por meio do ‘Mutirão Rua Digna’, a ser executado em parceria com entidades comunitárias.

Por meio do ‘Mais Renda’, o governo estadual fornece equipamentos adequados e treinamento para vendedores de lanches na capital. Na primeira etapa, 400 famílias foram beneficiadas só em São Luís, e garantidas mais outras mil vagas na próxima fase do programa. “Apesar da gigantesca crise política e econômica no país, estamos conseguindo resultados que garantem a melhora efetiva da qualidade de vida da nossa população”, disse o governador Flávio Dino sobre o conjunto de ações.

Fonte: Secap   
Texto: Carol Mello

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Quase 30% dos eleitores do MA não tem o ensino fundamental, diz TSE

Do G1 MA

Maranhão terá a maior eleição da história, com 4 milhões de eleitores (Foto: Rede Globo)
Maranhão tem 4,6 milhões de eleitores
(Foto: Rede Globo)
Dados atualizados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre as eleições de 2016 no Maranhão mostram que 30% dos eleitores aptos a votar no estado não completaram o ensino fundamental. Neste ano, 4.611.247 maranhenses poderão participar do processo eleitoral.

A pesquisa também apontou que houve uma redução de 115.383 eleitores para este pleito. Segundo o TSE, a justificativa é que outras 29 cidades passaram pelo recadastramento biométrico. Com isso, o número de eleitores tende a cair devido a transferências de domicílio, mortes, idade apenas para voto facultativo, entre outros.

Os eleitores na faixa etária entre 25 e 29 anos também são a maioria, representado 12,29% das pessoas aptas a votar no Maranhão. São Luís segue sendo a cidade com o maior número de eleitores, totalizando 659.779. Imperatriz tem o segundo maior eleitorado, com 151.858 eleitores.

O recadastramento biométrico já foi realizado em 44 das 217 cidades do Maranhão.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Foragidos da Operação Cazé se entregaram à Polícia Civil em Olho d'Água das Cunhãs

O dois suspeitos de participarem de assaltos em Olho d’Água das Cunhãs, se entregaram à Polícia Civil. Raimundo Rêgo de Carvalho, mais conhecido como “Raimundinho” se apresentou na ultima sexta-feira (06) e o Edenilson Moraes Silva, vulgo “Denilson” se entregou na delegacia de Policia Civil, nessa terça-feira (10), os dois foragidos se apresentaram com o seu advogado. Eles estavam foragido desde quinta-feira (05/06), quando a Polícia Civil em conjunto com a Policia Militar, deflagraram a Operação Cazé.
Raimundo Rêgo de Carvalho
Edenilson Moraes Silva
Ao todo, foram cumpridos 06 mandatos de prisão, em desfavor desses meliates que formavam uma quadrilha que vinham praticando assaltos e ações delituosas no municipio. Como as investigações acontecem em segredo de Justiça, a Polícia Civil na segunda fase da operação ainda está em buscas de novos suspeitos.


Jovem Olhodaguense é candidata ao Miss Maranhão 2016


Confirmada como uma das candidatas ao Miss Maranhão 2016, a jovem Olhodaguense Tereza Bringel 19 anos, 1.73 cm, é acadêmica do curso de Odontologia no Uniceuma, e vai representar o município de Olho d'Água das Cunhãs.

Promovido pelo Studio Marcio Prado, os preparativos para o Miss Maranhão 2016 já iniciaram. O evento, que deve ocorrer no final de maio e ainda não possui não local definido, já está com as inscrições abertas.

As interessadas em participar do Concurso precisam estar atentas aos requisitos pedidos pela produção nacional do evento. Uma pré-seleção será realizada a fim de avaliar os requisitos, como faixa etária entre 18 e 25 anos e altura mínima de 1,68. Tatuagens só são permitidas se forem discretas.

As candidatas que forem selecionadas passarão por cursos de treinamento, com aulas de postura, etiqueta, nutrição, ética, passarela, auto maquiagem e história do Maranhão.

Logo em seguida, a candidata escolhida será preparada pela produção estadual do evento para participar do Miss Brasil. Para obter maiores informações é necessário entrar em contato pelo (98) 98803-7448/ (98) 982302501 ou e-mail studiomarcioprado@hotmail.com.

Veja abaixo os requisitos para participar do Concurso:
- Comprovar residência de no mínimo 6 meses no Estado que vai representar;
- Ter no mínimo 18 anos até dia 1º de fevereiro ou 25 anos (idade máxima para concorrer) até o dia 31 de dezembro do ano do concurso;
- Ser solteira e sem filhos;
- Caso a concorrente tenha se submetido a cirurgias plásticas, é preciso que a intervenção tenha sido feita há mais de dois meses da data em que dará início à preparação no Miss Brasil.


Para acompanhar a nossa bela candidata Olhodaguense até o Miss Maranhão 2016 você pode segui-la nas redes sociais. Confira abaixo:
Facebook: Tereza Bringel
Snapchat: terezabringel
Instagran: @terezabringel 


(Com informações da TV Guará)

Campanha de vacinação em Olho d'Água das Cunhãs tem resultado satisfatório


O dia "D" da Campanha de Vacinação contra a gripe, realizado no último sábado (30), levou centenas de pessoas às unidades de saúde do Município. Na ocasião, as unidades abriram das 08h00 ‪às 17h00‬, sem fechar ao meio dia. contou Dr. Carlos Filho, coordenador de imunização. A previsão é que a campanha de vacinação ocorra até o próximo dia ‪20 de Maio. “É importante que as pessoas integrantes do público alvo da campanha procurem durante a semana o posto de saúde mais próximo de suas casas para receberem a dose da vacina”, concluiu  Dr. Carlos Filho.

Devem ser vacinadas crianças que tenham  6 meses há menos de 5 anos de idade, gestantes, mulheres até 45 dias o parto, trabalhadores da área da saúde, idosos de 60 anos ou mais de idade, portadores de doenças crônicas não transmissíveis ou outras condições clínicas especiais, como doença respiratória crônica, doenças cardíacas, renais, hepáticas ou neurológicas crônicas, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e portadores de trissomias.



quinta-feira, 5 de maio de 2016

Operação da Policia Civil desarticula quadrilha de assaltantes em Olho d'Água das Cunhãs


Ação integrada da Policia Civil sob o comando do Delegado Alexandre Sermoud, com a Policia Militar prendeu, nas primeiras horas dessa quinta feira (05), em Olho d’Água das Cunhãs, uma quadrilha formada por seis pessoas acusadas de envolvimento em assaltos nos últimos meses no município. A operação teve apoio da 16ª Delegacia Regional de Bacabal, com participação dos também delegados Elson Ramos, Bruno de Aguiar e Luigi Conte, com as respectivas equipes de investigadores. Com os presos, foram apreendidos celulares, computares, um carro celta e roupas usadas nos assaltos.

Os presos foram encaminhados para a Delegacia da Policia Civil onde serão autuados de acordo com a participação de cada um nas ações delituosas. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, além de cumprido quatros mandados de prisão, onde resultou na prisão de Cesár da Silva Oliveira, Adriano da Silva Cordeiro, Hugo Oliveira Rodrigues e Adriana de Oliveira Rodrigues, dois dos integrantes estão foragidos.
A operação teve o nome de “Cazé” pelo roubo ocorrido na residência do empresário conhecido como Raimundo Cazé, outros delitos cometidos pelo bando foram o assalto das agências dos correios, Hugo Oliveira, era o vigilante da mesma, onde ele, segundo o delegado, repassava informações para os criminosos atuar, outro caso de repercussão foi o roubo, mal sucedido, no comercial Barreto, que foi subtraído apenas uma quantia de R$ 60,00 reais e daí foi descoberto que Edenilson Moraes Silva e Raimundinho erão os principais suspeitos.
Raimundinho
Edenilson Moares
Até o fechamento dessa matéria, ainda não tinha sido preso Edenilson Moraes, conhecido como “Denilson” e Raimundinho. A Policia Civil oferece uma recompensa a quem der o paradeiro dos mesmo, qualquer informação que levar a prisão desses meliantes será guardada em sigilo.