sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Somente 34 municípios maranhenses estão aptos a conveniar

Dos 217 municípios maranhenses, apenas 34 estariam aptos, nesse momento, para conveniar com o Governo do Maranhão, os demais apresentam irregularidades relacionadas ao Portal da Transparência e consequentemente ao cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, o que lhes impede de realizar o convênio.

Em entrevista ao jornalista Gláucio Ericeira, o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, Caldas Furtado, confirmou que o TCE-MA irá exigir dos municípios a adequação imediata da LRF para que possam voltar a conveniar.

“Este será o primeiro Carnaval da Transparência. Aquele que não se adequar ao que é exigido pela 
Lei de Responsabilidade Fiscal, estará impedido de conveniar”, declarou Caldas Furtado.
O presidente informou ainda que, caso haja descumprimento, governo do estado e o município que obtiver o convênio serão rigorosamente punidos. A ideia não é penalizar a cidade ou gestor, mas fazer com que os dispositivos de transparência sejam cumpridos.

“Possuímos corpo técnico qualificado para orientar o prefeito e ajudá-lo a se adequar ao que determina a lei. Queremos contribuir com as administrações e precisamos que elas tenham esse interesse recíproco”, finalizou.

Com a proximidade do Carnaval e a promessa de convênios do governo e emendas parlamentares dos deputados estaduais, os municípios que estão com essas pendências terão enorme dificuldades para conveniar.

Municípios que hoje, segundo o TCE, estão aptos a celebrar convênios: Açailândia, Apicum- Açu, Arari, Barão de Grajaú, Barra do Corda, Bom Lugar, Buritirana, Cantanhede, Caxias, Cidelândia, Codó, Coroatá, Dom Pedro, João Lisboa, Lago dos Rodrigues, Matinha, Matões do Norte, Monção, Olho D’água das Cunhas, Passagem Franca, Pedreiras, Poção de Pedras, Raposa, Ribamar Fiquene, Rosário, Santo Antônio dos Lopes, São Bernardo, São Domingos do Maranhão, São Luís, São Mateus do Maranhão, Timbiras, Trizidela do Vale, Tuntum e Viana.
Do blog Jorge Aragão

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Fies abre sistema para estudantes

fiess
O prazo para as instituições inserirem os dados dos estudantes vai até o dia 30 de abril.

Os estudantes poderão  renovar os contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) a partir de hoje (16) , segundo o Ministério da Educação (MEC). Os aditamentos são feitos pela internet, no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).  A renovação vale somente para contratos formalizados até 31 de dezembro de 2016. As novas inscrições estão previstas para fevereiro.

Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no SisFies. A partir de hoje (9), as instituições de ensino superior devem cadastrar os dados dos estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Após essa etapa, os estudantes devem entrar no sistema e confirmar os dados.

No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Evitar problemas
A abertura do SisFies para os aditamentos foi uma das primeiras medidas anunciadas este ano pelo
Ministério da Educação (MEC). A intenção é evitar os problemas que ocorreram no ano passado. No segundo semestre de 2016, as renovações dos contratos, que geralmente ocorrem no início do semestre, só puderam ser feitas a partir de outubro, devido a atrasos de pagamentos. De acordo com o MEC, cerca de 98% dos estudantes conseguiram renovar o financiamento, o que totalizou um orçamento de R$ 8,6 bilhões.

O Fies oferece financiamento de cursos superiores em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano. O aluno só começa a pagar a dívida após a formatura. O percentual do custeio é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. Atualmente, mais de 2 milhões de estudantes participam do programa.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Prefeito Rodrigo Oliveira é eleito presidente do Conlagos

O prefeito de Olho d’Água das Cunhãs, Rodrigo Oliveira (PDT), foi eleito presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional dos Lagos Maranhenses (Conlagos) para o biênio 2017/2018. A vice-presidência agora está a cargo do prefeito de Olinda Nova do Maranhão, Edson Barros (PCdoB), conhecido como Costinha. O diretor executivo do consórcio, Ronald Damasceno, foi reconduzido ao cargo.

Estiveram presentes à assembleia-geral extraordinária os prefeitos: Vianey Bringel (Santa Inês), Marcone Marques (Cajapió), Ronildo Campos (Penalva), Carlos Alberto Batalha (Pio XII), Luana Rezende (Vitorino Freire), Conceição de Maria (São Vicente Férrer), Francisco Nascimento (Lago Verde), Dulce Maciel (Satubinha), e José Sisto (Bacurituba).
O deputado federal Juscelino Filho (DEM), coordenador da bancada federal maranhense na Câmara, também participou da cerimônia e se colocou à disposição para atuar junto ao Governo Federal em defesa do consórcio e do fortalecimento dos municípios maranhenses.

O deputado federal Juscelino Filho (DEM), coordenador da bancada federal maranhense na Câmara, também participou da cerimônia, e destacou a importância dos consórcios públicos para o fortalecimento regional. “É um instrumento de gestão que tem crescido muito no Brasil pela forma eficaz como une os municípios para a busca de soluções a demandas comuns. O
Conlagos reúne regiões onde temos atuação expressiva, como a Baixada Maranhense e o Vale do Pindaré. Estamosà disposição do consórcio para atuarmos junto ao Governo Federal, para viabilizar benefícios à população maranhense”, disse.


Rodrigo Oliveira defendeu a consolidação do diálogo institucional com os governos estadual e federal, bem como a discussão de soluções para problemas que se configuram como desafios aos gestores, a exemplo de políticas públicas para o saneamento básico e, consequentemente, o fim dos lixões, conforme prevê o Plano Nacional de Resíduos Sólidos.

"Aceitei o desafio de presidir o Conlagos por entender que é a partir da união que alcançar emoso fortalecimento municipal. Fizemos, por meio do consórcio, o Plano Municipal de Saneamento Básico, atendendo aos prazos previstos pelo Governo Federal. Isso nos permitirá pleitar recursos para esta área. Sabemos que esse ainda é um problema que muitos dos novos gestores têm pela frente. E são soluções assim, experiências exitosas, que queremos apresentar”, concluiu.

Assessoria

TANQUE VAZIO! Por falta de pagamento posto de combustível interrompe abastecimento de viaturas do 15º BPM

Em outubro de 2015, primeiro ano da administração do governador Flávio Dino (PC do B), O Blog do Sérgio Matias denunciou a precariedade que se encontravam as viaturas que servem o 15º BPM, em Bacabal.

Naquela oportunidade relatei que uma operação policial teve que ser interrompida por causa de problemas mecânicos na Blazer, cor branca, ano 2009/2010, que era usada pela guarnição. 
Um mecânico chegou a ser chamado, mas, como o veículo tinha, na época, quase seis anos de uso, foi necessário leva-lo para uma oficina rebocado por outra viatura.

Por falta de manutenção adequada, dois carros que também deveriam está circulando nas ruas no combate a criminalidade, já estavam parados pela mesma razão.

Para piorar o que já é considerado grave, na manhã desta quarta-feira (11) me chega a informação que o posto de combustível que abastece as viaturas do 15º Batalhão interrompeu o fornecimento por falta de pagamento.

Até que o caso seja resolvido é provável que as rondas parem, a não ser que o comando recorra às prefeituras da região e empresários.

Do blog Sérgio Matias

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Polícia Militar de Olho d'Água das Cunhãs recupera moto roubada e prende elementos

Em uma diligencia realizada pela polícia militar, na noite de ontem (04) por volta das 20h00, foi recuperada uma motocicleta Biz 110cc vermelha, de placa PAN 9410, tomada de assalto em Olho d’água das Cunhãs.

O fato ocorrido no Bairro Pé de Pequi, por dois homens armados, identificados por Sebastião Santos Soares, vulgo “Nenzin” e Francisco de Oliveira Silva.
Sebastião Santos Soares, vulgo “Nenzin” e Francisco de Oliveira Silva.
O êxito na localização, se deu, após os policias rapidamente tomarem conhecimento da ação criminosa. O veículo foi encontrado nas proximidades do Povoado Bacuri da Linha.

No momento da prisão dos dois, foi encontrado a arma usada no crime, a guarnição composta pelo Sargento Pinheiro, Sargento Soares e Cabo Lima encaminharam os elementos a delegacia de Polícia Civil.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Cantora do Forró My Love, Rose Mel não resiste em acidente automobilístico


Mais um tragédia envolvendo vítima de acidente automobilístico, na noite de ontem (06), a cantora Rose de Sousa Silva, 37 anos, conhecida no mundo artístico como Rose Mel, era natural de Bacabal e sua família residia em Codó.

Segundo informações, a mesma pilotava uma motocicleta na Avenida Marechal Castelo Branco, em Codó, quando ao passar em alta velocidade por um quebra molas, perdeu o controle de sua moto e foi arremessada a vários metros, batendo com a cabeça no solo, sendo ainda socorrida com vida, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no hospital.

Último show do Forró My Love com a Rose Mel em Olho d'Água das Cunhãs. (Imagem: Divulgação/Facebook)
Rose Mel era natural de Bacabal e muito conhecida no mundo artístico e já havia passado por altos e baixos na carreira musical, chegando a cantar em grandes bandas locais como a Banda M de Bacabal, Fruta Nativa de Codó e atualmente cantava na Banda My Love de Vitorino Freire. Fãs da cantora manifestam seus sentimentos de tristeza nas redes sociais. (Informações Codó Notícias)

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Crianças desaparecidas são encontradas em Olho d’Água das Cunhãs

Os gêmeos Pedro Henrique e Paulo Ricardo de 14 anos de idade, que haviam desaparecido na tarde de ontem (05), foram encontrados na tarde de hoje terça-feira (06) em um açude que fica localizado em uma fazenda as margens da MA 008, a fazendo fica próximo ao bairro em que os dois adolescentes residem.

Mãe busca por filhos gêmeos desaparecidos em Olho d'Água das Cunhãs - MA

A senhora Maria Júlia Barbosa da Silva, moradora do Bairro Novo Horizonte, mãe dos gêmeos Pedro Henrique e Paulo Ricardo de 14 anos de idade, pede a quem tiver informações sobre o paradeiro dos meninos, que ligue no telefone abaixo.

Segundo informações divulgadas em redes sociais, os gêmeos saíram para a escola ontem (05), e não votaram pra casa.

O taxista Fernando França (Pelado), disse ter avistado ontem, por volta de 12h30min, dois meninos usando farda escolar e os livros na cabeça, adentrando à cerca que dá acesso à Fazenda Sergipe na saída de Olho d'Água das Cunhãs, em frente à placa (outdoor) de uma ótica.

Quem tiver novas informações, faça contato com a família no numero (098)98270-4285.

Você pode ainda, fazer contado com o titular do blog Mearim Net:

(098)98164-5153 - Whatsapp

Blog Ayrton Carvalho: (98) 98187-9403
Conselho Tutelar: (98) 98122-7451
CMDCA: 3664-5431

bastante preocupado com os desaparecidos, um ex-professor postou na sua página pessoal do Facebook a informação. Em seguida, outro usuário da rede social, comentou sobre o que viu o taxista. 

Do Blog Mearim Net

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Vazamento de prova do Enem beneficiou candidato do MA, afirma PF

Do MA10
Relatório da PF diz que pelo menos duas pessoas foram beneficiadas pelo vazamento do Enem(Foto: Reprodução Internet)
Relatório da PF diz que pelo menos duas pessoas foram beneficiadas pelo vazamento do Enem(Foto: Reprodução Internet)
Em relatório enviado ao Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) sobre inquérito policial que apura o vazamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016), a Polícia Federal afirma que as provas do primeiro e do segundo dia do exame, além da prova de redação, vazaram antes do início da aplicação para, pelo menos, dois candidatos. No relatório, a PF conclui que houve cometimento de crime de estelionato qualificado no caso.

O procurador da República Oscar Costa Filho, ressalta que  a íntegra do relatório e peças do inquérito serão anexadas ao recurso do MPF que tramita no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife (PE). “Uma quadrilha organizada nacionalmente teve acesso antecipado às provas. Isso compromete a lisura do exame e a própria credibilidade da logística de segurança que vem sendo aplicada”, argumenta o procurador.

Em trecho do relatório, a PF destaca que, após a análise de celulares apreendidos durante operações nos dias do exame, concluiu-se que os candidatos receberam fotografias das provas e tiveram acesso aos gabaritos e ao tema da redação antes do início do exame.

A PF informa no relatório que  os candidatos tiveram acesso à “frase-código” da prova rosa, o que permitia que candidatos que deveriam fazer provas diferentes da rosa pudessem preencher o cartão de respostas de acordo com o gabarito transmitido pela quadrilha, não importando a cor da prova que o candidato tenha recebido no exame, já que a frase-código é o que legitima a correção conforme a cor referente à frase.

“Tanto o gabarito quanto a frase-código foram divulgados antes do exame, o que garante a responsabilidade de afirmar que houve vazamento da prova”, diz o relatório.

A Polícia Federal aponta, ainda, que apesar de dois candidatos terem sido presos em operações policiais diferentes (um em Minas Gerais, e outro no Maranhão), ambos receberam exatamente as mesmas fotografias com gabaritos das provas, porém de intermediários diferentes, deixando claro que a origem do vazamento é a mesma.

Quanto à prova de redação, a perícia da PF identificou que os candidatos presos iniciaram pesquisas no Google sobre o tema da redação a partir de 9h38 do dia 6 de novembro, indicando que tiveram acesso ao tema antes do início da aplicação das provas.

Entenda – Em novembro, o procurador da República Oscar Costa Filho ingressou com ação na Justiça Federal pedindo que fosse decretada a nulidade da prova de Redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com o MPF, o vazamento violou o tratamento isonômico que deve ser assegurado aos candidatos. Recurso com o pedido tramita agora no TRF5.